Balanço do Comércio Exterior Brasileiro 2020 e perspectivas para 2021

O ano de 2020 foi ao mesmo tempo ruim para alguns e excelente para outros. A pandemia, a crise  política e econômica atingiram em cheio o comércio exterior brasileiro.  Importadores e exportadores que operavam constantemente, reduziram seus estoques e diminuíram seus processos e consequentemente afetou toda a cadeia logística atrelada a eles.

A queixa é geral. Agentes de cargas, armadores, transportadoras, armazéns, seguradoras, corretores de câmbio, etc…. A estimativa é que o fluxo de comércio exterior tenha caído em torno de 30%. Porém não podemos desanimar. Toda crise tem seu lado bom , pois limpa o mercado de maus profissionais e de empresas desestruturadas. Só se mantem no mercado quem trabalha corretamente e possui ferramentas de análise e resultados.

O comércio exterior brasileiro teve muitos avanços e facilitadores este ano. Muitas vezes os empresários desconhecem ou não acreditam nas ferramentas disponíveis hoje em termos de  facilitação e incentivo ao comércio exterior disponibilizadas pelo governo brasileiro e por empresas governamentais ligadas ao setor.

O Programa Portal Único de Comércio Exterior é uma iniciativa de reformulação dos processos de importação, exportação e trânsito aduaneiro. Com essa reformulação, busca-se estabelecer processos mais eficientes, harmonizados e integrados entre todos os intervenientes públicos e privados no comércio exterior.

Da reformulação dos processos, o Programa Portal Único passa ao desenvolvimento e integração dos fluxos de informações correspondentes a eles e dos sistemas informatizados encarregados de gerenciá-los. Assim, o Programa Portal Único de Comércio Exterior nasce baseado em três pilares:

O website Guia de Comércio Exterior e Investimento – Invest & Export Brasil pretende ser uma ação governamental eficiente e coordenada de divulgação das oportunidades de negócios e investimentos no Brasil e no exterior, diante do aumento da importância da promoção comercial e da atração de investimentos para o dinamismo da economia nacional.

De caráter essencialmente informativo, o website resulta do esforço conjunto entre os Ministérios das Relações Exteriores (MRE); do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC); e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), iniciado em 2012.

A nova plataforma reúne acervo consolidado de informações sobre oportunidades de negócios e de investimentos, bem como apresenta, de modo organizado e temático, os principais produtos e serviços disponibilizados pelos órgãos brasileiros dedicados ao tema. Além disso, o Guia de Comércio Exterior e Investimento segue a tendência internacional de compartilhamento de produtos e serviços entre diversos órgãos em um único ambiente eletrônico com layout padronizado.

Dessa forma, a nova interface pretende trazer maior satisfação ao usuário do website, no sentido de otimizar o acesso a informações, sanar dúvidas e oferecer serviços que facilitem atividades de exportação, importação e investimento.

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.

A Apex-Brasil coordena os esforços de atração de investimentos estrangeiros diretos (IED) para o Brasil com foco em setores estratégicos para o desenvolvimento da competitividade das empresas brasileiras e do país.

Para 2020 A Melhor Maneira das Empresas Recuperarem a Produção e o Faturamento é Exportar. Com a desvalorização do real perante o dólar e o euro, o produto brasileiro se tornou atrativo para vários países.

Utilize o regime aduaneiro especial de drawback, que consiste na suspensão ou eliminação de tributos incidentes sobre insumos importados para utilização em produto exportado. O mecanismo funciona como um incentivo às exportações, pois reduz os custos de produção de produtos exportáveis, tornando-os mais competitivos no mercado internacional.

De: César  Magnus Torchia Monteiro Terra

Por: Comex do Brasil

Todos direitos reservados aos responsáveis do site citado.
Disponível em: https://www.comexdobrasil.com/balanco-do-comercio-exterior-brasileiro-2020-e-perspectivas-para-2021/  Acesso em 20/01/2021

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Saiba mais